CfP: Radical History in global contexts

Call for papers, deadline 2 August 2021

The Brazilian journal Esboços: histories in global contexts, a triannual e-journal of the Graduate Program in History of the Federal University of Santa Catarina, in Brazil, invites researchers to submit original articles for the Special Issue Radical History in global contexts, guest edited by Robert Kramm (LMU München) and Danielle Heberle Viegas (LMU München).

 The article submission will be due by August 2, 2021 through the journal’s platform: https://periodicos.ufsc.br/index.php/esbocos/index. The Special Issue will be published in vol. 29, issue 50, Jan.-Apr. 2022. Read the Call for Papers: https://periodicos.ufsc.br/index.php/esbocos/announcement/view/1717. Change the website language to português, español or English in the side menu.

 

Chamada para o dossiê “Radical History em contextos globais: conexões, perspectivas e casos”

 Embora algumas vezes a chamada Radical History tenha sido considerada mero ativismo político, recentemente a área tem se desdobrado e fortalecido academicamente em múltiplas direções, incluindo a História Global. Uma de suas principais demandas é reconhecer histórias até então silenciadas, em alinhamento com movimentos libertários, organizações e grupos sociais. As ditas abordagens históricas radicais tem se tornado cada vez mais populares no estudo da história não-europeia e não-ocidental. Na Ásia, por exemplo, a área ajuda a desconstruir os estereótipos racistas persistentes da suposta obediência dos asiáticos e revelam a longa possibilidades de estudo vinculadas ao anarquismo, ao comunismo, ao feminismo e ao socialismo. Da mesma forma, na América Latina o campo está se expandindo entrelaçado à tradição da História Social, especialmente no Brasil, em alinhamento com visões interdisciplinares.

No entanto, muitas vezes a história radical soa muito abrangente e não dá muita atenção às perspectivas culturais e às suas conexões globais. Para evitar essas armadilhas, um dos maiores desafios da área é conectar diversas histórias, não só comparando semelhanças mas, igualmente, rupturas, questionando por que certas histórias foram silenciadas como práticas e narrativas. Para reforçar isso, novas expectativas e ferramentas correlativas à História Global podem ser úteis, refletindo sobre o conceito de radicalidade e invertendo cenários clássicos de influenciadores e receptores em momentos de crise e insurreições.

O presente Dossiê tem a intenção de reunir estudos que abordem a Radical History em suas múltiplas possibilidades em relação à História Global. Nós encorajamos pesquisadores em todo o mundo a enviar artigos que dialoguem com os tópicos da Radical History, incluindo:

  • Movimentos sociais/políticos radicais
  • Anarquismos
  • Feminismos
  • Injúrias e repressões
  • Utopias e distopias radicais
  • Raça e racismo
  • Mídias e radicalidades

        Serão aceitos estudos empíricos bem como artigos com enfoque teórico. Abordagens baseadas em metodologias transnacionais são muito bem-vindas Os textos podem ser submetidos em inglês, espanhol ou português.

 

Posted: 
27/05/2021